Postagens

Jesus nos ensina a ressurreição geral e pós-milenar

Imagem
"Subiu aos céus e está assentado à direita do Pai, Deus, Todo-Poderoso; de onde virá julgar os vivos e os mortos. Em cuja vinda todos os homens ressuscitarão em corpo; e prestarão contas de suas obras. E os que fizeram o bem irão para a vida eterna, e os que fizeram o mal, para o fogo eterno". (Credo de Atanásio)

Tenho feito o uso da seguinte premissa para a questão da ressurreição especificamente. Jesus é o personagem central do evento, ele é quem ressuscita os mortos, ele é quem julga e sentencia. Numa última análise sobre o tema, me parece mais objetivo recorrer ao personagem principal para entender a questão. Isto para mim interfere inclusive na forma como vou interpretar 1 Tessalonicenses 4:13-18.

Em 1 Tessalonicenses 4:13-18 a ocasião é uma dúvida pontual sobre o que ocorre com os crentes, é um questionamento interno e não global. A preocupação de Paulo é responder às inquietações dos crentes vivos em relação ao destino pós-morte dos que viveram para o Senhor. O pré-mile…

Sola Fide, o justo viverá pela fé

Imagem
"O ímpio está envaidecido; seus desejos não são bons; mas o justo viverá pela sua fidelidade.” - Habacuque 2:4
“Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: ‘O justo viverá pela fé’". - Romanos 1:17
“Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele. Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que creem e são salvos.” - Hebreus 10:38,39
A teologia reformada da justificação pela fé eclode em meio ao duro processo de reforma da igreja em 1517. Ao questionar o que vê em Roma, Martinho Lutero estava questionando o porque a fé tão exclusiva para a salvação estava ofuscada no meio de tantos “adornos humanos” e de falsa espiritualidade. No meio de crânios e osso de supostos cristãos e outros objetos de devoção da Igreja de Roma, poderiam ser levantadas algumas perguntas, tais como: “Por acaso o crânio de João Batista concede mais graça ao pecador do que o próprio doador?…

Sola Scriptura, nossa regra de fé e prática

Imagem
“pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente” - 1 Pedro 2:3
Para a tradição reformada não resta dúvidas sobre o papel da Palavra de Deus. Este texto inclusive desmente a ideia de que a teologia reformada é meramente racionalista. Quando defendemos Sola Scriptura, estamos assegurando o papel espiritual e transformador que as Escrituras exercem sobre mentes e corações humanos. Então, é necessário que o homem seja transformado espiritualmente. É isto que o apóstolo Pedro diz e é isto que reafirmamos. Sola Scriptura é o que Cristo, os apóstolos e nós ensinamos.
O experiencialismo e as Escrituras
Minhas experiências de fé estão sujeitas as averiguações bíblicas, minhas convicções e interpretações também estão sujeitas ao que as Escrituras dizem. Jesus deixou isto claro aos fariseus - “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim”-  João 5:39. Toda a …

Download: Discografia de Eduardo Mano

Imagem
Eu tenho procurado divulgar trabalhos musicais que servem de apoio à músicos cristãos que desejam selecionar os cânticos para o culto em suas igrejas. O Eduardo Mano tem colaborado consideravelmente para que novas canções, com fundamentos bíblicos, possam nos ajudar de forma devocional, seja na vida pessoal ou congregacional. Você vai encontrar essa e outras divulgações dentro do projeto Música e São Doutrina, Entre as divulgações também procuro tratar da música do ponto de vista Bíblico, incentivando a fazermos uma releitura de nossas motivações para o cântico do culto público. Creio que isto é um ponto fundamental para a saúde da igreja, pois assim como a pregação a música tem servido de comunicação na igreja, e se você é músico e trabalha na igreja com isso, aconselho que faça isso com o temor necessário, para o louvor daquele que nos chamou.

Como Surge o Vida Prudente?

Imagem
Em dezembro de 2011 um grupo surgiu motivado pelo estudo das escrituras e da fé reformada. Estávamos ávidos por nos aprofundar nos novos temas que surgiam a cada avanço das nossas expectativas. O interessante é que não éramos de uma mesma congregação, nem vizinhos, se quer morávamos no mesmo estado. Eramos baianos, cearenses, pernambucanos e um carioca. Investíamos tempo em tirar nossas dúvidas em ligações interurbanas sem a preocupação com o valor uma vez que estávamos diante de um tesouro. Então, decidimos criar um Projeto chamado Novos Reformadores. Soa pretensioso para quem não viveu esta experiência. Mas, o fato é que assim nos chamamos porque dos estudos vieram as convicções e certezas, e como nos primeiro reformadores desejávamos oferecer nossa parte, dialogando temas do nosso tempo e refirmando a ortodoxia bíblica que abraçamos. Cumprimos um ciclo. Alguns estão ponde em prática a piedade cristã nas suas áreas de atuação profissional, outros são oficiais da igreja, mas no fim t…